ESQUIAR

Chegam exaustos, foi longa a viagem!
Recebidos com um espesso tapete de neve.
Para alguns, só com desempanagem!
Mas a amizade torna tudo mais leve…
A montanha vestiu-se de branco.
Abriu os braços para os receber!
O nevoeiro, invejoso, ergueu o manto.
Escondendo o caminho que tinham que fazer!
Perto alcança a nossa vista.
Surge a dúvida! Quem vai primeiro?
É por esta ou por aquela pista?
Alvíssaras por um bom timoneiro!
Finalmente, o sol brilha com fervor!
Mostrando-se com orgulho e vaidade.
Enchem-se as pistas de cor!
Formam-se laços de amizade.
Em torno da mesa é celebrado.
Mais um dia que terminou!
O corpo, exausto, é alimentado.
Cresce a amizade que entre eles germinou.
Subiram com energia e vontade.
A montanha está pintada de branco!
Ignoram o medo e a tempestade.
Parceiros de um vento em pranto!
Com um arrepio, o conforto para trás ficou.
Pelo balanço das cadeiras o trocaram!
Debaixo de uma tempestade, que não amainou.
Por pistas de neve virgem esquiaram.
Estão em guerra os elementos da natureza!
O nevoeiro e a neve são os vencedores.
Cerram-se fileiras, esquia-se com leveza!
Rompem pelas pistas os esquiadores!
Os mais novos, quais nobres guerreiros.
Fora de pista, provaram o seu valor!
Lutaram contra buracos e pinheiros.
Sendo em seguida, recebidos com amor!

É tempo de regressar, fica a saudade!
Ficam as promessas de voltar.
É o início de uma nova amizade!
Em torno do acto de esquiar!
Baqueira, Carnaval de 2014


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s