Postal de Ano Novo

Veio a chuva e frio também, veio a neve, sem consentimento. Nada susteve o seu nascimento, predestinado a viver, sendo Alguém. Não seria curta, nem comprida, e uma incógnita, quanto a grandes realizações. Umas vezes de pé, outras aos tropeções, assim lhe foi fadada a vida. Nasceu no pino do inverno, Em noite escura de … Continue reading Postal de Ano Novo

Postal (vivo) de Natal

Sobre a folha esvoaça a pena, com pena de isto ter de narrar! Pesam-te as penas do teu penar, sem que a vida se torne amena. Sem sequer olhar para mim, corres sempre sem parar, não sabes bem onde queres chegar, para isso, tinhas que conhecer o fim. Desvaneceu-se o fulgor de outrora, perdido, nas … Continue reading Postal (vivo) de Natal

A Inspiração

Branca, limpa, fria e lisa, hoje, como nunca esteve! Sobre ti o lápis desliza, num sussurrar leve, que a mão conteve. Negra, sobre ti, a tinta das palavras que ouso em ti gravar, no teu mural a minha imaginação pinta, aquilo que a boca receia pronunciar. Será amor esta doce brisa? Que o esvoaçar da … Continue reading A Inspiração