A viagem

A viagem
O despertar!
Em sobressalto, acorda de um sono curto, mas repousante.
Nos ouvidos o som desaprazível do telemóvel, aterrador!
O abrir dos olhos num desassossego desconcertante.
Impaciente, desliga o som do despertador!
Toca a acordar!
A barba desfeita no dia anterior, com tranquilidade.
A roupa já preparada, em antecipação!
Precauções de um viajante, evitando a ansiedade,
Um banho que rejuvenesce, que maravilhosa sensação!
Ao telefone!
A caneca de leite, o táxi, as horas, deliciosa atrapalhação!
O tempo que passa de forma inexorável…
Sim. Dentro de quinze minutos… Termina a refeição.
O elevador! Uma mirada no espelho, que aparência impecável!
A caminho!
A porta, que teima em fechar, complicado!
O vento gelado que lhe penetra nas entranhas,
Abrindo-lhe o casaco num sopro gelado…
Enfrenta a calçada que esconde as suas manhas.
O taxista cansado, que aposta numa última corrida!
A rua sem trânsito, na solitária madrugada!
A loquacidade do motorista, intensa…com vida!
O desejo de paz, uma vã esperança, condenada!
O aeroporto. A mala atrás de si, num rodar incessante.
A muda de roupa, mais um livro e os objetos pessoais.
Tudo o necessário para um experimentado viajante.
Passar o controlo, chegar à sala de embarque, antes de mais!
A espera, a chamada, o bilhete, tudo fechado com um sorriso.
A assistente do bordo que o recebe com as boas vindas.
O avião que espera na pista, o tempo que for preciso.
Já voa entre as nuvens mostrando-lhe paisagens infindas.
À chegada!
O som estranho de outra língua na cabeça a matraquear…
Reavivar do conhecimento de que noutro país se encontra.
A entrada no carro que veloz ao destino o faz chegar.
Muitas são as reuniões e os assuntos de monta!
Negócios!
O contrato, o direito, os deveres… enfim a assinatura!
Uma discussão, um acordo… mais um negócio!
Um almoço rápido, outro negócio, tanta desenvoltura!
Por fim um café, um hiato de descanso, um pouco de ócio…
O bulício das conversas, um jantar de negócios, que grande seca!
Sorrisos, brindes, palmadas nas costas e discursos impetuosos.
O pensamento voa para casa… a cama, a mulher, que bela queca!
Por fim o merecido descanso depois de momentos tão tortuosos!
O sol na janela anuncia a chegada de um novo dia.
Mais discussões, mais negócios, mais um contrato.
Mais uma assinatura na primeira e na segunda via.
A viagem terminou, foi um sucesso isso é um facto!
O Regresso!
Já no aeroporto, da sala de espera gozando o sossego.
Os negócios, esses foram conduzidos a bom porto.
Adormece no avião sonhando com o lar e o seu aconchego
Abraça a família, sentindo nesse abraço todo o conforto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s