O ESCRITÓRIO



Longo foi o dia e árdua foi a labuta!
A penar pugnando, sempre por algo melhor…
O chefe, um senhor que é filho da… luta!
Alimenta-se, sem pejo, do seu suor!
Hora a hora, numa luta incessante!
Cumprindo a missão, espírito de sacrifício!
Premiado com um cumprimento irreverente…
Vê ignorado o mérito, sendo bom no ofício!
Escada abaixo ou tomando o elevador…
Com ligeireza, deixa vago o seu posto de trabalho!
Fica Só, a cadeira e desligado o computador.
Busca ansioso e cansado, do seu lar o agasalho!
Fria está a noite, como só esta sabe ser.
Iluminada pelo prateado metálico do luar.
Na fachada, brilha a placa para quem a quiser ler!
Doutos senhores ou não doutores, aqui vêm trabalhar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s