PALAVRAS SOLTAS – O Perfil

 O Perfil


Os amigos costumam referir-se a Pedro, de forma simultaneamente carinhosa e brincalhona, como o “Bocage de Campolide”, local onde morava. A vida não lhe permitiu criar raízes muito profundas num único local, tendo passado a infância e parte da adolescência em Maputo e aos 13 anos de idade iniciado nova vida em Lisboa. Isso não o impediu de abraçar a causa da defesa dos mais desprotegidos. Em África a sua simpatia ia para os meninos de rua e em Lisboa dedicou-se aos sem-abrigo. Essa vocação refletia-se nos atos mas também na forma como a sua pena vertia sobre a folha branca os clichés sociais e políticos que magistralmente transformava em poesia. Nem o seu brilhante percurso académico na Universidade Católica, a bolsa de estudos, concedida pela Gulbenkian ou o excelente emprego na BCG apagaram a chama do amor pelo outro, que ardia dentro de si. O tempo, esse sim foi o carrasco da sua inspiração e, perante a multiplicidade das tarefas em mãos, ele sacrificou-a e, em detrimento desta, optou pelo amor à família a obrigação do emprego e a satisfação de ajuda ao próximo. O “Bocage de Campolide” escrevia as linhas da sua vida com atos. As palavras essas ficavam guardadas à espera de uma oportunidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s