O PIQUENIQUE

O marco do solstício de Junho já tinha sido ultrapassado. As aulas aproximavam-se do fim e os alunos estavam em alvoroço. Aquilo que os trazia nesse estado não era nem o fim das aulas, nem as classificações finais. O motivo era o piquenique anual. O verão tinha-se instalado definitivamente e aquele final de Junho estava … Continue reading O PIQUENIQUE

ISEG

Partilho convosco este marco histórico para o qual, como docente na área da avaliações Imobiliárias e ética, também dei o meu contributo.Parabéns ao ISEG e a todos os docentes!ISEG–Universidade de Lisboa Earns AACSB International Accreditation Tampa, Fla., USA (25 November 2018)—AACSB International (AACSB) announces thatUniversidade de Lisboa has earned accreditation for its Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG–Lisbon School of … Continue reading ISEG

A RUIVA

A RUIVAComeçou por me dizer que se chamava Raul Cardoso e que tinha uma história… bem, uma história singular! Curiosamente conheci o homem no restaurante A Baiana, na ilha de Porto Santo. Era alto e espadaúdo. O cabelo, cortado à escovinha, fazia com que as patilhas parecessem enormes, assemelhando-se a duas manchas negras na face. … Continue reading A RUIVA

BLOGS DE PORTUGAL

Muito interessante esta ideia de juntar os bloggers todos (pelos menos os tiveram a iniciativa de se inscrever) num único local organizados por temas.Embora seja novo nestas andanças sinto que esta partilha de experiências em várias cores e formatos será uma fonte de aprendizagem cujo valor acrescentado estou certo será significativo.Para o comprovar basta seguir … Continue reading BLOGS DE PORTUGAL

OS SONHOS

OS SONHOS Quase sem fôlego corro na escuridão. Um túnel de negridão adensa-se à minha volta. Agita-se, comprime-me, persegue-me, estendendo as garras para me aprisionar. A instantes flashes de luz invadem-me os sentidos. Não os vejo, nem sequer os sinto, mas pressinto-os. Atrás de mim, a escuridão toma a forma de um monstro que me … Continue reading OS SONHOS

OS AMANTES

OS AMANTESEstava um dia de outono fabuloso, pois embora o frio já tivesse chegado e nos últimos dias a chuva tivesse caído com abundância, o sol havia regressado e senti-lo através do vidro dava-lhe uma sensação de conforto quase semelhante ao calor humano. O pensamento voou para o marido. Estavam casados há dois anos e … Continue reading OS AMANTES